16 de março de 2011

As últimas

Antes de mais quero agradecer todos os comentários que me fizeram. Esta luta é sem dúvida mais ténue, quando temos ao nosso lado pessoas que nos dão apoio, ainda que seja virtualmente. Obrigada, de coração!

Na 2ª feira fiz o papanicolau, eco e palpação mamária. É que a Infertilidade é uma coisa e a Ginecologia outra. Temos de ter sempre o cuidado de efectuar este exame uma vez por ano.

Tive ontem consulta com a psiquiatra. Já me sinto melhor, mais controlada pelo menos, mas mantenho a medicação.
Aqueles sintomas desagradáveis estão menos evidentes, consigo frequentar sítios que não ía por achar que me iria sentir menos bem. Começo a reagir a esta fase menos boa.

Aproxima-se o dia do Pai! O meu, onde quer que esteja, sabe que o recordo todos os dias:))) Mas, uma vez que existe um dia dedicado ao Pai, irei oferecer-lhe umas flores e visitá-lo:) Quatro anos se passaram desde o seu falecimento...o tempo passa tão depressa...

Bom, mas quero descansar as minhas leitoras. Estou bem e acreditem que a minha força interior é imensa, capaz de dar a volta a todos os reveses que a vida teima em me colocar.
Acreditem sempre nos vossos sonhos!

6 comentários:

Maggie disse...

Ohhh Martinha ânimo Amiga, eu sei que custa mto mas tens que te animar um bocadinho.
Felizmente ainda tenho Pai e ainda que nunca tenha sido o melhor Pai do Mundo é o meu Pai e sei que me custará qdo o perder...

Mta força
Maggie

Susana Pina disse...

Amiguinha,
o importante é que tudo se está a encamnhar na tua vida. Estás melhor, bem vigiada e com muita esperança.
Aqui a tua amiga está na torcida sempre a caminhar ao teu lado seja ele qual for o caminho.
Um bj muitoooooooooooooo grande

Bárbara - Sol e Lua disse...

Vou escrever um testamento..

Não sabia dessa tua "fraqueza" nio entanto gostava de te dizer que em 1998 tive dentro de um poço sem fundo....achei que nunca mais saía de lá e senti-me mal, muito mal, sem forças para nada, sem vontade de lutar.

Foram tempos dificeis e que consegui superar com ajuda, medicação e muita força.

Este ano senti-me a entrar novamente no poço, a descer quase até ao fundo.....senti-me perdida, alguns problemas familiares, o cansaço d eter 2 filho milagrosos mas que querendo ou não, mesmo desejando-os do fundo do coração, cansam e esgotam, fui ao poço, afundei-me e tentei sair, o inverno rigoroso, os dias sozinha, tudo faziam com que me afubndasse, sentia-me triste e pensava como? com 2 filhos maravilhosos? mas quem passa por isto sabe que não há explicação, sentimo-nos assim e pronto.....sabemos que não devemos, sabemos que não tem explicação e conseguimos dizer que temos tudo, familia, amigos, estabilidade, marido, filhos, alegrias mas sentimo-nos a entrar no poço sem fundo.....

Do meu lado, tens todo o meu apoio, sê forte e luta por ti, para daí saíres cheia de alegria que vai voltar e poderás sorrir da mesma forma qe m dia sorriste.

Quanto ao dia do pai, conversa com ele, dá-lhe as flores e estou certa que tal como dele e lembras todos os dias ele por ti olha também todos os dias e sorri quando tu estás bem e chora quando tu está striste e por ELE marta, por Ele luta por ti.

Um grande beijinho cheio cheiiiinho de força, sabes que podes contar comigo, mil beijos, embora não muito presente, ESTOU AQUI!

Sandra Neves disse...

Minha querida Marta, força, muita força!
Estarei sempre a torcer arrobas por ti
Beijokas
Sandra

R♥B disse...

Revejo-me nas tuas palavras e sei tão bem o que sentes, ou sentias.

Deixo-te um beijinho e força, pois é preciso muita.

mjm disse...

Querida Martinha,
Que Bom ler-te e ver que estás Animada e cheia de Esperança :)

Fazes bem ter atenção a esses exames de rotina, eu também tenho alguns para a semana...

Desejo Muito que sejas Feliz independentemente do caminho que escolheres, estarei sempre a torcer por ti...

Um Grande Beijinho e Obrigada por todo o Carinho que sempre me dás :))