10 de agosto de 2008

De Coração cheioooooooo

Foi assim que me senti ao ler a reportagem que saiu hoje na revista do Correio da Manhã. É sempre muito importante sentir-me útil à nossa luta. Quero desde já agradecer à Marta Silva (jornalista), que foi quem tornou este passo possível, bem como à Susana Pina, à Clara, à Elsa e à Catarina. Obrigada!!! Estamos de parabéns!
Não pude conter as lágrimas claro, cada palavra transmite-me imensos impulsos, que nem sequer os consigo exprimir aqui...
Todas conhecemos a história da Susana, mas nem assim, consigo evitar as lágrimas quando a releio. A Clara, a minha companhia diária no messenger, também já passou pela experiência dos negativos e, nesta altura, aguarda uma oportunidade para voltar a tentar. Ela que tão bem entende a nossa linguagem. "A da espera".
A Elsa, que luta já lá vão 7 anos pela "Rita" que teima em não chegar...
A Catarina que obteve a concretização de engravidar, mas que, por imposição da vida, está a ver o seu sonho esvaír-se...Deixo aqui um xi apertadinho à Cat e a esperança de que tudo não passe de um valente susto.
O boneco da imagem foi quem me acompanhou na reportagem fotográfica, giro não é?? lol


Ontem comprei esta bolsinha para o meu telemóvel, gostam??? É simpático!!

Hoje estou assim...lol



24 comentários:

Sammy & Eu disse...

Ola linda!
E bom ler-te assim,feliz:)

Sem Desistir e isso mesmo.

Ja tentei encontrar o artigo no site do correio da manha,pois adorava ler.Infelizmente nao encontro!

Beijinhos grandes

Maria José disse...

Que maravilha que está feliz, é assim mesmo.
bjs

Susana Pina disse...

Amiguinha, estou tão emocionada que hoje só faço é chorar. Felizmente que a mensagem foi transmitida, é sempre pouco, mas para nós já é muito. Espero que com esta reportagem consigamos transmitir o que sofrem os casais inferteis e que com isso obtenhamos mais compreensão e sensibilidade.
Obrigada a todos quantos tornaram esta reportagem possivel.
Um grande bj para ti Martinha
Susana

Time disse...

Adorei amiga, e claro que é muito importante passar mensagens deste tipo, mas com lutadoras como vocês a dor fica mais leve...
Sei bem o que vocês passam todos os dias, axo que só quem passa por elas sabe dar o valor, sabe a dor que se sente todos os dias, mas não podemos desitir, temos que lutar por um grande sonho...ser Mãe. Tu vais conseguir, um dia vais realizar esse grande sonho, força amiga, muita força.
Beijocas grandes.

IC disse...

marta tb li.estavas muito bem, alíás estavam todas.beijinhos

Gato(a) disse...

PARABÉNS querida por nos representares!
Adorei a entrevista!!!!!

Bjinhos grandes e muito OBRIGADO
gato

sofia disse...

Olá a todas!
Li a entrevista e tive curiosidade de vos vir "espreitar"!
Queria vos deixar o meu apoio, não é pesado na vossa luta, mas é o que vos posso oferecer!
Um Bj
Sofia

Anna72 disse...

Parabéns a todas! Estiveram muito bem :)

Transmitiste uma mensagem de esperança e de optimismo. É assim mesmo! ;)

Beijocas

Clara disse...

Sabes que te considero 1 amiga/companheira de garra.

Contigo rio, choro, olha, sei lá... já só falta aquele abraço físico que temos de marcar em breve, pá!

(já choro)

Eu... disse...

Muito obrigada!

Adorei ler-vos, espero que hajam mais acções desta, está provado que ainda há muitas pessoas que não sabem o que é a nossa caminhada pela infertilidade!

Um bem haja!
E o lema é: nunca desistir! :-)

Um dia vamos conseguir!

Beijinhos
Cakuxa

Paula disse...

Obrigada por dares a cara por todos nós

Patricia disse...

Não comprei a revista, mas li na net e comentei!

bjs

Elsa disse...

Obrigada Marta por teres dado a cara.

Mais um passo foi dado para ajudar quem sofre ainda no silêncio e não sabe onde procurar ajuda.

Estiveste muito bem;)

Jinhos
Elsa

Paula Santos disse...

Amiga muitos parabéns pela reportagem, emocionei-me a ler, mais uma vez obrigado a todas pela vossa contribuição .
Beijinhos

Ruby disse...

Muito obrigada pelos vossos testemunhos, nesta luta toda a divulgaçao é fundamental para abrir as mentes as pessoas.
Adorei ler as entrevistas.

parabens a todas

Angel disse...

Olá Marta li a reportagem e gostei mto. Dou os parebens a todos, pois falaram por todas nós.
Claro que as lagrimas correram ao ler-vos, estamos todas na mesma luta.
A bolsinha do tlm é mto fofa!
Bjs ferteis!

Joana Pestana disse...

Cheguei ao teu blog através da reportagem do correio da manhã.
Sou mãe de um menino de 1 ano e nem consigo imaginar aquilo porque tu e tantos casais passam.

Desejo-te as maiores felicidades e muita coragem.

Lita disse...

Muito, muito obrigada por não baixarem os braços, por darem a cara e por serem a voz de todas nós.

Um beijinho grande e mais uma vez OBRIGADA.
Lita

criolinha disse...

Mais uma vez obrigada pela coragem!
Um beijo grande!

luclix disse...

adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii a entrevista
e vou guarda-la muito bem.
parabems guerreiras

mil bjos

lu e beatriz

RUCA disse...

Olá Marta,

Parabéns pela coragem e continua em busca do teu objectivo, a tua vez de seres completamente feliz vai concerteza chegar.
Para todas as tuas companheiras de luta um aplauso pela coragem e pela força.
Continuem!

Alda disse...

É bom ñ desistir, mas cuidado com a ansiedade, ela é a inimiga nº1. Eu passei pelo mesmo,ñ é fácil mas é necessáriocriar outros objectivos na vida e ñ nos concentrarmos demasiado neste.
Andei 11 anos a tentar, e confesso que desisti muito cedo. Na 1ª dificuldade ñ aguentei. Casei cedo e cedo queria ser mãe, mas a vida é assim e por vezes os nossos sonhos são adiados, sim adiados pq eu acredito que Deus é grande. À 18 anos era ainda mais dificil.Psicológicamente ñ é fácil. Sofria em silêncio, e perguntava "porquê eu?". Passados 11 anos sem saber como fiquei grávida, claro ñ queria acreditar, ñ fiz nenhum tratamento, e aconteceu, tinha 35 anos, e já ñ pensava no assunto. Hoje tenho um piolho com 7 anos, o João Pedro. Mas o sonho continuava, agora gostava de repetir, e qdo já pensava no impossível de novo, passados 5 anos, apareceu outro piolho, ñ sei como, o Diogo Afonso, tem 2 anos e é outra delicia. Hoje com quase 43 anos, sou muito feliz com os meus filhos, mas qdo leio ou vejo reportagens de mulheres que ñ conseguem engravidar, sofro mto, e tenho sempre vontade de contar aminha história, para ñ desistirem, um dia vão ver que valeu a pena. No entanto~ñ vivo demasiado para esse sonho, pq há outras coisas também importantes para viver, e podem crer q é mais fácil. Descobri este blog c a reportagem do CM, e agora vou passando para ver as novidades, um dia destes a cegonha vai chegar, com a ajuda de Deus vai ser possível. Boa Sorte. E q tudo corra bem, um beijinho do fundo do coração. Sei muito bem o que sentimos neste caso. Força.

inescandeias.blogs.sapo.pt disse...

Fico bastante triste como todas estas pessoas que lutam para ter um filho não têm qualquer tipo de apoio, e dps kdo vamos á farmácia tá um toxidepente a trocar uma seringa de borla,se der ao caso é internado numa clinica para se tratar com tudo pago e desiste.estas mulheres só podem lutar com o k têem ñ há apois.
É para isto k nós todos desconta-mos, kdo precisa-mos é abrir a bolsa.Apesar disto tudo ñ desistam vocês são cincerteza mais fortes k isto tudo e vão conseguir.
Se precisarem seja do k for cá estou p´ra ajudar.
Beijinhos e mta força p´ra todas.

Nina disse...

Tenho que ler essa reportagem!
Vim trazer-te um enorme beijinho